O que é necessário para se cadastrar no Programa

Ser Mãe Coruja

Municípios atendidos pelo Mãe Coruja

Cantos Mãe Coruja

Notícias do Blog

Canto Mãe Coruja Terezinha vivencia aulão sobre papel da mulher na sociedade

 

O aulão que marcou o retorno das atividades dos Círculos de Educação e Cultura (CEC) de Terezinha no ano de 2019 ocorreu no dia 19 de fevereiro, no EREM Monsenhor Alfredo Dâmaso com o primeiro Modulo “Mulher” e contou com a participação de mulheres da zona urbana e rural.

 

A técnica do Canto Mãe Coruja de Terezinha, Juliana Klart, fez a abertura do evento e falou sobre o Programa Mãe Coruja Pernambucana. Na ocasião foi exibido o vídeo Vida Maria para discutir o papel da mulher na sociedade atual.

 

“Sabemos que a mulher nem sempre desempenhou as mesmas funções na sociedade. Se em outras épocas, ela ficava circunscrita as paredes de sua casa, hoje a mulher se lançou para o mercado de trabalho objetivando compor a renda familiar. Algum tempo atrás a mulher era educada somente para exercer o papel de dona-de-casa, mãe e esposa. Dessa forma, ela vivia em função do homem, por isso era pouco valorizada na sociedade”, refletiu Juliana, que afirmou que quando se criou a necessidade de a mulher enfrentar o mercado de trabalho, ela aos poucos conquistou seu espaço.

 

 

 

 

Na ocasião, a psicopedagoga Sivaneide Alves também contribuiu com a formação das mulheres, ministrando a palestra “O papel da mulher na sociedade”, onde houve a interação de todas presentes. “Atualmente a mulher exerce todas as funções que antes eram executadas pelo homem e está à frente das grandes pesquisas tecnológicas e científicas mundiais, mostrando sua capacidade. Cabe ao homem deixar de lado o preconceito e ajudá-la nas tarefas de casa”, concluiu.

 

 

 

 

Texto:

Técnica do Canto

Juliana Klart

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Unable to communicate with Instagram.
© 2015 - 2019 Mãe Coruja Pernambucana
Mãe Coruja
Governo do Estado do Pernambuco