O que é necessário para se cadastrar no Programa

Ser Mãe Coruja

Municípios atendidos pelo Mãe Coruja

Cantos Mãe Coruja

Notícias do Blog

Canto Mãe Coruja Casinhas e UBS Catolé realizam roda de conversa sobre a sexualidade na gravidez

 

O Canto Mãe Coruja Casinhas realizou, no último dia 9 de setembro, uma roda de conversa na Unidade Básica de Saúde (UBS) Catolé Napoleão, abordando o tema sexualidade na gravidez e no puerpério. O encontro envolveu mães participantes do Círculo de Educação e Cultura (CEC), sendo os debates conduzidos pela enfermeira da unidade, Roberta Leal.  No momento,  foi abordada a importância de manter a atividade sexual durante a gestação e o puerpério, o funcionamento dos aparelhos reprodutores feminino e masculino, prevenção de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), uso de preservativos.

 

 

 

 

Segundo a enfermeira, a sexualidade não é apenas o coito via vaginal. Carícias, beijos, abraços, massagem no corpo, afetividade, podem ser realizados durante toda gestação e pós-parto. Gestações de risco tem contraindicação para penetração anal ou vaginal, assim como estímulo nos seios. A penetração vaginal é contraindicada antes dos quarenta dias pós-parto/ puerpério. Nesta retomada do contato sexual pós-parto, primeiramente não incluir a penetração, mas a intimidade é essencial e ajuda o casal a se reencontrar na busca do prazer. Essa nova fase, principalmente para pais de primeira viagem, pode ser turbulenta, pois o parceiro pode sentir-se negligenciado.

 

 

 

 

É biologicamente aceitável e compreensível que a parceira não apresente desejo sexual ou que ele esteja diminuído, devido a todas as alterações hormonais, físicas e emocionais. Após o parto e durante a amamentação, a mulher pode apresentar queixas sexuais, sendo a mais prevalente a diminuição do libido e a dor durante a penetração vaginal por causa da dificuldade na lubrificação e/ou alterações ocasionadas pelo parto via vaginal.

A dor causada pelo coito pode levar a evitação sexual e o distanciamento do casal. Nosso maior objetivo é favorecer às mães informações que irão deixá-las mais tranquilas em cada fase da gestação.

 

 

 

 

Texto: Vanessa Professora do CEC de Catolé

Izabella Moura Técnica de Monitoramento e Gestão

Canto Casinhas

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram has returned invalid data.
© 2015 - 2019 Mãe Coruja Pernambucana
Mãe Coruja
Governo do Estado do Pernambuco