O que é necessário para se cadastrar no Programa

Ser Mãe Coruja

Municípios atendidos pelo Mãe Coruja

Cantos Mãe Coruja

Notícias do Blog

Canto Belo Jardim atua no cuidado e acompanhamento das gestantes

O programa Mãe Coruja Pernambucana acompanha a mulher desde o início de sua gestação até os cinco anos de idade da criança. Durante todo este período de acompanhamento, um vínculo é criado entre gestantes, crianças e o Canto Mãe Coruja, onde muitas mães estão cadastradas desde o inicio do Programa. A cada gestação, elas fazem questão de vir ao Canto realizar um novo cadastro.

 

 

 

 

Um dos objetivos do Mãe Coruja é fortalecer este vinculo com essas mães e suas famílias, fazendo da afetividade um dos pilares para que o bebê seja recebido com muito amor. A gestante Maria Rosângela, de 32 anos, é um exemplo. Ela está na sua quarta gestação, dessa vez dos gêmeos Daniel e Emanuel, mas está cadastrada desde a sua primeira gravidez, em 2010. Sua gestação é de alto risco e ela é acompanhada pelo PNAR (Pré-Natal de Alto Risco), devido à sua diabetes gestacional. Para melhor atendê-la, foi feita uma articulação com o NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família) para realizar uma visita à sua casa, através das nutricionista Jessika Gracielly e Eduarda Paiva e da fisioterapeuta Maryelly Freire. Foi realizada avaliação, e em seguida foram dadas orientações nutricionais e a prescrição terapêutica.

 

 

Para ela, ter esse cuidado e acompanhamento é o que faz retornar para novos cadastros. “O Mãe Coruja, pra mim, nas minhas quatro gestações, foi muito importante, porque tenho acompanhamento e me sinto acolhida e mais confiante”, disse Rosângela.

 

 

Assim como Rosângela, a gestante Amanda dos Santos, 32 anos, retorna para realizar um novo cadastro. Seu primeiro foi feito em 2013. Hoje, a pequena Sophia está com 8 anos e acompanhou a mãe na ida ao Canto Mãe Coruja, dessa vez à espera do irmãozinho.

 

 

O relato da experiência dessas mulheres só comprova a importância do Programa Mãe Coruja Pernambucana, uma política pública de saúde que lida diretamente com o fortalecimento do atendimento da atenção primário e de cuidados para a gestante, aproximando a rede de saúde dos municípios para aquelas que necessitam dessa atenção.

 

 

Texto e fotos: Elaine Cristina

Técnica de Monitoramento

Canto Belo Jardim

Comentários

  1. maria aparecida de vasconcelos queiroz 3 de janeiro de 2022 at 11:32

    é muito bom o que fazemos é um grande renascimento ver e poder acompanhar as gestantes e crianças do programa mãe coruja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram has returned invalid data.
© 2015 - 2022 Mãe Coruja Pernambucana
Mãe Coruja
Governo do Estado do Pernambuco