O que é necessário para se cadastrar no Programa

Ser Mãe Coruja

Municípios atendidos pelo Mãe Coruja

Cantos Mãe Coruja

Cuidados Básicos

Por que é importante que a restante realize as consultas de pré-natal?

As consultas de pré-natal servem para prevenir, orientar, esclarecer e diagnosticar qualquer alteração da saúde da gestante e/ou do bebê.

Quais os principais exames solicitados à gestante no pré-natal?

Costumeiramente, são solicitados exames como hemograma (exame de sangue), glicemia de jejum, tipo sanguíneo e fator RH. Toda a gestante que apresentar pele com vermelhidão deve realizar exames (sorologias) para doenças como toxoplasmose, rubéola, Dengue, Zika, Chikungunya, Citomegalovírus e Parvovírus. Tipicamente, também se fazem exames para detectar a presença da sífilis, AIDS, hepatites B e C. São requisitadas também a urocultura e antibiograma, exame de fezes, prevenção do câncer do colo uterino (Papanicolau) e ultrassonografia obstétrica.

Muitos destes exames serão repetidos no decorrer do pré-natal, assim como a ultrassonografia, que será realizada conforme a idade gestacional. Cada gravidez, entretanto, é uma situação única, o que pode determinar a realização de exames especiais ou de outros testes não listados acima.  Esteja atenta à vacina contra o tétano, aos exames para sífilis e a tudo mais que o pré-natal lhe oferece.

Com que frequência devo realizar os exames de pré-natal?

Assim como grande parte dos especialistas, o Mãe Coruja recomenda que o pré-natal seja iniciado o quanto antes, e que gestante visite o médico pelo menos sete vezes antes do parto. Em caso de não haverem complicações, a partir do terceiro e até o sétimo mês, a frequência pode ser mensal. Do oitavo ao nono mês, quinzenal e semanal.

Por que é importante amamentar?

O leite materno é o melhor alimento para o bebê, satisfazendo as necessidades nutricionais e emocionais até os 6 meses de idade, além de contribuir para a saúde física e emocional da criança até o segundo ano de vida.

A medicina já comprovou que o leite materno é a principal fonte para um desenvolvimento saudável dos recém-nascidos. Especialistas recomendam a amamentação exclusiva até os seis meses, ou seja, nem água é preciso dar à criança.

Quais as vantagens da amamentação?

Amamentar protege o bebê contra infecções, desenvolvimento de alergias futuras, e reduz a incidência de doenças na vida adulta, como diabetes e hipertensão.

Para a mãe, amamentar reduz a incidência de câncer de mama e ovário, permitindo que o útero volte ao tamanho normal mais rapidamente e ajudando a emagrecer.

Como colocar o bebê no peito?

O corpo do bebê deve estar totalmente virado para a mãe e a cabeça dele deve estar apoiada na curva do cotovelo (canto do braço). O queixo do bebê deve estar encostado no peito da mãe e os lábios, virados para fora.

É importante que o bebê, ao encostar ao seio, abra bem a boca e pegue toda (ou quase toda) a área escura do peito (auréola). Preste atenção para que o bebê, além de ficar com a boca bem aberta, apresente o lábio inferior invertido e o queixo tocando o seio.

O corpo da mãe não pode ficar nem curvado para a frente, nem para trás, de forma que se possa ver a criança engolindo de forma lenta e profunda.

Amamentar muda o formato dos seios?

Não. O aleitamento materno não é responsável por alterar a aparência das mamas. A mudança nos seios é provocada pela gestação.

O tamanho da mama influencia na produção de leite materno?

O tamanho e a forma das mamas não importam. Mamas pequenas ou grandes produzem leite com quantidade e qualidade satisfatórias.

Como faço para armazenar o excesso de leite?

Para fazer a retirada do alimento, a indicação é que a mãe use um lenço para proteger a boca e a cabeça, além de higienizar as mãos antes de iniciar o processo. O leite deve ser armazenado em potes de vidro com tampa de plástico, como os de maionese ou café. Os potes devem ser levados ao fogo e mantidos em fervura por cinco minutos. O papel que vem na parte interna da tampa também precisa ser retirado. Depois de realizado todo o procedimento, o pote deve ser armazenado no freezer, para durabilidade durante 15 dias.

Qual a importância da vacinação?

Leve o seu filho ao posto de vacinação. Doenças como hepatite B, meningite tuberculosa, poliomielite, difteria, coqueluche, tétano, meningite por haemophilus, diarreia por rotavírus, sarampo, caxumba (papeira) e rubéola, podem ser evitadas por meio de vacinas. Cada dose de vacina administrada é anotada no Cartão de Vacina da Criança. Guarde-o em local seguro e leve-o consigo, todas as vezes em que a criança comparecer ao serviço de saúde para qualquer tipo de atendimento.

Qual a importância do teste do Pezinho?

O teste permite a descoberta e o tratamento a tempo de evitar as deficiências físicas e mentais causadas pelo hipotireoidismo congênito, pela fenilcetonúria e anemia falciforme. É gratuito e deve ser feito do quinto ao sétimo dia de vida do bebê. É um direito da criança.

  • Atenção, papais e mamães! Em 2018, a vacina contra catapora passa a ter uma segunda dose, para crianças de 4 a 6 anos, com o objetivo de prevenir surtos de varicela, especialmente em creches e escolas. Desde 2013, a primeira dose já era ofertada nos postos de saúde para crianças com 15 meses junto com a vacina tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e catapora). Procure um posto de saúde, levando o Cartão de Vacinação para atualizar as vacinas de seu filho.

#MãeCorujaPE10anos #GovernoDePernambuco #MaisDoQueVocêImagina #Pernambuco #vacinação #catapora #saúdeinfantil
  • A resposta é simples: você pode comer tudo! Não existe nenhum estudo que comprove que a alimentação da mãe passe para o leite materno. Uma dieta que deixa a desejar, afeta mais a própria saúde da mãe do que a do bebê amamentado. O único caso em que pode haver restrição alimentar é quando o bebê apresenta alguma alergia alimentar, geralmente, à proteína do leite e identificada pelo pediatra. Neste caso, a mãe deverá suspender a ingestão de leite e derivados, mas sempre com orientação médica.

#MãeCorujaPE10anos #GovernoDePernambuco #MaisDoQueVocêImagina #Pernambuco #saúdedamulher #saúdeinfantil #amamentação
  • Já pensou se você tivesse leite para amamentar o seu bebê por apenas mais uma semana? Esta é a realidade dos bebês do Hospital Agamenon Magalhães (HAM). Menos de 8 litros de leite! É disso que o Banco de Leite do HAM, no Recife, dispõe no momento. Por isso, precisamos MUITO da sua ajuda, mamãe! Se você está amamentando e tem excesso de leite, doe. Para doar, entre em contato com o Hospital no telefone (81) 3184 1690 para fazer o agendamento e receber todas as orientações.

#MãeCorujaPE10anos #GovernoDePernambuco #MaisDoQueVocêImagina #Pernambuco #doeleitematerno #HAM
  • Os quatro meses da licença-maternidade se passaram e agora é hora de voltar ao trabalho. Precisa deixar seu bebê na creche e não sabe ainda como se preparar para este momento? Confira na nossa página do Facebook as dicas que preparamos para este momento de adaptação: https://www.facebook.com/maecorujapernambucana/

#MãeCorujaPE10anos #GovernoDePernambuco #MaisDoQueVocêImagina #Pernambuco
  • Neste Dia Mundial da Justiça Social, 20 de fevereiro, reflita sobre a importância da paz e da civilidade, dos malefícios dos preconceitos e da violência e escolha uma existência mais humana e justa para com todos. A justiça social não depende unicamente do Estado. Depende, em primeiro lugar, de cada um de nós; cada gesto, ato e palavra nossa. Faça a sua parte. E lembre-se de que a luta pelos seus direitos, também é um ato de justiça social.

#MãeCorujaPE10anos #GovernoDePernambuco #MaisDoQueVocêImagina #Pernambuco
  • Quem vê esse sorriso e essa calma nem imagina que a gestante Mirela Marques está prestes a dar a luz, em Caruaru. Isso mesmo! Horas depois da foto, nasceu a Valentina, com 3,5 kg, cheia de saúde. Bem-vinda ao mundo, Valentina! Curtiu? Mande suas fotos também!
Envie para: redesmaecorujape@gmail.com

#MãeCorujaPE10anos #GovernoDePernambuco #MaisDoQueVocêImagina #Pernambuco #GenteComoAGente #MinhaHistóriaNoMãeCoruja
  • A VIII Gerência Regional de Saúde de Pernambuco, em parceria com a SES e o Mãe Coruja, realiza nesta terça (20), em Petrolina, o I Fórum Perinatal da VIII Geres, com o tema "Mortalidade Infantil: Desafios e Estratégias para Qualificação da Assistência". As inscrições podem ser realizadas através do link: https://goo.gl/shH4jh. Participe!

#MãeCorujaPE10anos #GovernoDePernambuco #MaisDoQueVocêImagina #Pernambuco
  • Em Jataúba teve bloquinho de Carnaval para as crianças. Espia só a nossa abelhinha Laura Beatriz, com a irmãzinha e a técnica Anne Gabrielle. Curtiu? Mande suas fotos também!
Envie para: redesmaecorujape@gmail.com

#MãeCorujaPE10anos #GovernoDePernambuco #MaisDoQueVocêImagina #Pernambuco #GenteComoAGente #MinhaHistóriaNoMãeCoruja #Carnaval2018
© 2015 - 2018 Mãe Coruja Pernambucana
Mãe Coruja
Governo do Estado do Pernambuco